Saiba como melhorar sua imagem profissional na web

A internet pode ser uma grande ajuda na hora de expor suas habilidades no mundo online e de dar um empurrãozinho na carreira.

Mal utilizada, pode ser uma armadilha e revelar mais informações que você gostaria que seu atual – ou futuro – empregador soubesse. Por isso, compilamos 12 dicas para você fazer bom uso da web para se promover e fortalecer seu nome no mundo digital.

1. Fique de olho na privacidade

Várias pessoas usam diferentes redes sociais para separar a vida profissional da particular. É trabalho? Então vai para o LinkedIn. Se for de lazer, Orkut ou Facebook. Mas a verdade é que a maioria dos empregadores tem acesso aos dois tipos de informações. A não ser que você reforce sua privacidade e permita que apenas um número limitado de pessoas tenha acesso aos seus perfis em redes sociais.

2. Não desatualize seu perfil

Para Paolo Pasquini, porta-voz da área de consumo da Microsoft Canadá, os perfis em redes sociais não podem ser criados e depois deixados de lado. “Quando você entra para uma comunidade como o LinkedIn e depois deixa de atualizá-la mostra que você não está tão preocupado com sua carreira”, afirmou. Pasquini sugere usar um agregador que permita atualizar vários perfis de uma vez.

3. Divulgue as informações certas

Quando você entra para as redes sociais, é importante saber quais informações você quer divulgar em todas elas. Por exemplo, todos os seus perfis podem ter a informação de que você é casado e tem filhos. Informações muito pessoais devem ser limitadas a apenas alguns perfis, acessado apenas por familiares e amigos mais próximos.

4. Transparência

Lionel Menchaca, o responsável pelos blogs da Dell, explica que as pessoas precisam deixar claro o motivo pelo qual elas publicam ou postam algumas mensagens. “Em meus posts, procuro equilibrar meus interesses pessoais e meu trabalho como funcionário da Dell. Se você é empregado de uma grande empresa e faz algum comentário como representante dessa companhia, isso tem que ficar claro.”

5. Tenha um site

Apesar de parecer uma medida antiquada, ter um site pessoal ajuda bastante. É como ter um quartel-general online. “As pessoas acham que esse é um truque velho, mas você precisa ter um site para redirecionar seus seguidores no Twitter”, disse John Carson, consultor de mídia interativa social da Echo Communications. Segundo ele, sites são bons pontos de partida para aqueles que querem saber um pouco mais sobre sua vida profissional, por isso é importante ter uma cópia do currículo por lá.

6. Chame atenção

Segundo Carson, investir num perfil online pode ser uma forma de ganhar relevância e ver seu nome aparecer no Google, espontaneamente. Compre um domínio na internet com o seu nome, comece um blog, use tags e comece a colocar links para sites de outras pessoas. Ao mesmo tempo, peça para outros blogueiros colocarem links de volta para seu site/blog. O segredo é manter tudo atualizado, disse Michael O’Connor Clarke, vice-presidente da Thornley Fallis Communications. “Mesmo que você esteja em um bom emprego e tenha estabilidade, ninguém sabe o que pode acontecer no mercado.”

7. Reúna depoimentos e recomendações

“Se você vai contratar uma pessoa, é preciso olhar para ela como uma marca e ver o que as pessoas estão dizendo sobre ela, se elas são bem recomendadas, se receberam depoimentos (que justifiquem essa fama)”, disse Carson, da Echo Communications. Peça para as pessoas escreverem uma pequena referência sobre seu trabalho. “Essa é uma forma pró-ativa de marketing e que qualquer pessoa pode fazer.”

8. Participe de comunidades online

“Ninguém é obrigado a ter um blog, mas com certeza é uma boa ideia participar mais ativamente de comunidades”, afirmou Michael Clarke, da Thornley Fallis. “Se você vê coisas que de fato te interessam ou então um assunto que você domina, por que não comentar sobre elas?”, disse. Isso pode ajudar a demonstrar sua experiência e conhecimento. “Uma coisa é se manter atualizado, outra coisa é usar isso para formar uma comunidade e conversar com ela”, acrescentou Pasquini, da Microsoft Canadá.

9. Na dúvida, evite se expor

Se você não se sente seguro sobre o que falar, evite dar uma mancada no meio online. “É mais difícil apagar uma má impressão”, disse Carson, da Echo Communications. “Há inúmeros casos de pessoas que disseram a coisa errada na hora errada ou um funcionário que mandou um e-mail para quem não devia.”

10. O Facebook é importante

O fato de você não estar no Orkut ou no Facebook não quer dizer que seus amigos não estejam – pior, eles podem estar publicando fotos suas, algumas até constrangedoras. “Se você não está administrando seu perfil corretamente, então outras pessoas podem fazer isso em seu lugar, e não da melhor maneira possível”, disse Pasquini, da Microsoft. Se você não tem um perfil nas redes sociais mais populares, abra um, nem que seja para controlar as informações que possam ser publicadas sobre você.

11. Não se esqueça do Google

Saber o que as pessoas estão falando sobre você pode ser bem mais fácil se você contar com a ajuda do Google. Pesquise seu nome eventualmente e veja se existe alguma informação que possa prejudicar sua reputação. Veja também se é possível entrar em contato com o autor e pedir para a informação ser removida.

12. Seja discreto

Além de administrar todas as informações que seus amigos, inimigos ou parentes possam publicar sobre você, vale a pena seguir uma regra básica: seja discreto e cuidadoso. Tudo que você escreve ou publica na web pode ser encontrado – e usado contra seus interesses. Portanto, moderação ajuda a evitar problemas e manter a (boa) imagem.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s