O PARAFUSO – Um conto tecnológico

servicoAlgumas vezes é um erro julgar o valor de uma atividade simplesmente pelo tempo utilizado para realizá-la…
Um bom exemplo é o caso do técnico em informática que foi chamado a consertar um computador gigantesco e extremadamente complexo… um computador que valia 12 milhões de dólares.
Sentado frente ao monitor, apertou umas teclas, balançou a cabeça, murmurou algo a si mesmo e desligou o aparelho.

Tirou de seu bolso uma pequena chave de fenda e girou uma volta e meia a um minúsculo parafuso.
A seguir, religou o computador e verificou o seu perfeito funcionamento.
O presidente da companhia mostrou-se encantado e se dispos a pagar a conta imediatamente.
“Quanto é que lhe devo? “- peguntou.
“São mil dólares pelo serviço efetuado.”

-Mil dólares? Mil dólares por uns momentos de trabalho? Mil dólares por apertar um simples parafusinho? Eu sei que meu computador custa 12 milhões de dólares, mas mil dólares é uma quantidade brutal!
“Efetuarei seu pagamento desde que me envie uma fatura detalhada que justifique a sua cobrança”.

O técnico confirmou com a cabeça o pedido e se foi.

Na manhã seguinte, o presidente recebeu a fatura, a leu com cuidado, balançou a cabeça resolveu pagá-la no ato, sem pestanejar. A fatura dizia:

Detalhe dos serviços prestados

Apertar um parafuso……….. …. …. …. …. … 1 dólar
Saber qual parafuso apertar………….. ….. 999 dólares

Mande a todos os profissionais que dia a dia se defrontam com a falta de consideração com que as pessoas por ignorância não alcançam entendê-los e dê-lhes ao menos um momento de humor.

2 comentários sobre “O PARAFUSO – Um conto tecnológico

  1. No dia-a-dia de técnicos sempre nos deparamos com tal situações, certa vez fui chamado para reparar a internet de um cliente, ao chegar para atende-lo fiz a verificação do computador e observei que o cabo de rede estava desconectado, ao conecta-lo e testar a conexão com a internet e seguido cobrado o valor do atendimento o cliente questionou e achou um absurdo em menos de 1 min ter resolvido o problema e o valor cobrado. Então perguntei a ele quanto tempo o sr. perdeu tentando acessar a internet antes de me ligar? . “caro cliente é por isso que sou técnico e o senhor não”.

    • Parabéns por esta atitude. Tens mesmo que valorizar o seu trabalho. Trabalhamos até final de março somente pagando imposto e ainda temos que obter por fora todos os tipos de coberturas que o governo não garante, a saber: saúde, segurança, educação…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s