Importância do Trabalho em Equipe

gestaoprojetoConta uma lenda que Deus convidou um homem para conhecer o céu e o inferno.

Foram primeiro ao inferno.

Ao abrirem uma porta, o homem viu uma sala em cujo centro havia um caldeirão de substanciosa sopa e à sua Volta estavam sentadas pessoas famintas e desesperadas.
Cada uma delas segurava uma colher, porém de cabo muito comprido, que lhes possibilitava alcançar o caldeirão, mas não permitia que colocassem a sopa na própria boca. O sofrimento era grande.

Em seguida, Deus levou o homem para conhecer o céu.
Entraram em uma sala idêntica à primeira: havia o mesmo caldeirão, as pessoas em Volta e as colheres de cabo comprido. A diferença é que todos estavam saciados. Não havia fome, nem sofrimento.
‘Eu não compreendo’, disse o homem a Deus, ‘por que aqui as pessoas estão felizes enquanto na outra sala morrem de aflição, se é tudo igual?’
Deus sorriu e respondeu:
‘Você não percebeu? É porque aqui eles aprenderam a dar comida uns aos
outros.

Moral:

Temos três situações que merecem profunda reflexão:

1. Egoísmo: as pessoas no “inferno” estavam altamente preocupadas com a sua própria fome, impedindo que se pensasse em alternativas para equacionar a situação;

2. Criatividade: como todos estavam querendo se safar da situação caótica que se encontravam, não tiveram a iniciativa de buscar alternativas que pudessem resolver o problema;

3. Equipe: se tivesse havido o espírito solidário e ajuda mútua, a situação teria sido rapidamente resolvida.

Conclusão:

Dificilmente o individualismo consegue transpor barreiras.

O espírito de equipe é essencial para o alcance do sucesso;

Uma equipe participativa, homogênea, coesa, vale mais do que um batalhão de pessoas com posicionamentos isolados.

Isso vale para qualquer área de sua vida, especialmente a profissional.

Anúncios

Como vencer os estigmas de ser o “indicado” ou o “filho do dono”?

Trabalhar na empresa dos pais ou conseguir um emprego por meio de uma indicação de um amigo, muitas vezes, trazem ao profissional um estigma não muito favorável, uma vez que muitos colegas associam que a pessoa só está na empresa por causa do vínculo de amizade ou familiar. Por isso, não levam em conta a sua competência. O que fazer para tirar essa impressão no ambiente corporativo?
Continuar lendo

Como conduzir uma sessão criativa e bem sucedida de “brainstorming” ?

O “brainstorming” é parte essencial do processo de pensamento de um negócio ou nova idéia em toda e qualquer organização. Quando adequadamente executado, pode conduzir a uma dinâmica e valiosa troca de idéias e iniciativas. Porém, quando mal conduzido, pode promover ressentimento, tensão interna e ser contra produtivo.
Continuar lendo

Gestão por Excelência

O perfil de gestão do qual vamos falar destaca algumas relevantes competências que devem possuir aqueles que exercem a função de liderança ou desejam exercer frente à equipe. Tratam-se de competências que são fundamentais para tornar-se um líder de excelência, na busca de eficácia em sua performance, bem como na performance de sua equipe. Como se sabe, a liderança pode ser desenvolvida e dessa forma, pretendo aqui estimular um despertar para esta realidade.
Continuar lendo

Dicionário do processo seletivo

Imagine a situação: você é chamado para uma vaga de emprego, passa por uma dinâmica de grupo, algumas avaliações psicológicas e fica ansioso aguardando o retorno. Geralmente, parte dessa ansiedade deve-se ao fato de que muitas coisas que foram comentadas e feitas durante o processo seletivo você não conseguiu entender. São técnicas, termos, expressões que confundem e muitas vezes transformam os selecionadores em carrascos do emprego.
Continuar lendo

Como conduzir uma reunião

De acordo com Dale Carnegie em seu livro “Reuniões rápidas e com melhores resultados”, temos que fazer quatro perguntas toda vez que tivermos um problema a resolver:
1 – Qual é o problema?
2 – Quais são as causas do problema?
3 – Quais são as possíveis soluções?
4 – Qual é a melhor solução possível?
Continuar lendo