Programa Jovem Aprendiz

O Programa Jovem Aprendiz é uma ação do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), que une ensino formal com cursos de qualificação.

As Leis nº 10. 097/00 e 11.180/05 prevêem que determinadas empresas cumpram com uma cota de contrato de jovens aprendizes em seu quadro de funcionários.

Para participar do Jovem Aprendiz, o candidato deve ter entre 14 e 24 anos e estar matriculado em cursos de aprendizagem profissional.

Os jovens podem ser contratados para jornadas de 4, 6 e 8 horas diárias – dependendo do estabelecido no programa de curso.

Aprendizes cursando o ensino fundamental devem ter uma jornada de 6 horas diárias.

ImagemJá os menores de 18 anos não podem exercer atividades perigosas ou insalubres, trabalhar em horário noturno, realizar hora extra, compensar jornada e também desenvolver trabalho externo, a exemplo de office boy.

A Lei determina que empresas de médio e grande porte contratem jovens de 14 a 24 anos, para capacitação profissional (prática e teórica), cumprindo cotas que variam de 5% a 15% do número de funcionários efetivos qualificados.

É facultativa a contratação de aprendizes pelas microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP).

Anúncios

Concurso com 120 vagas em nível médio e superior para Advogacia Geral da União

O concurso público compreenderá exame de habilidades e conhecimentos, mediante aplicação de provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório. As provas objetivas serão realizadas nas capitais das 26 Unidades da Federação e no Distrito Federal. A perícia médica nos candidatos que se declararem portadores de deficiência será realizada nas capitais das Unidades da Federação em que for necessária.

Cargo:
Agente Administrativo, Administrador e Contador
Vagas:
120
Inscrição:
R$ 50,00 a R$ 60,00
Data Início:
30/04/2010
Data Término:
09/05/2010
Data prova:
06/06/2010
Salário:
R$ 2.851,44 a R$ 3.730,31
Organizadora:
CESPE/Unb
Edital:

CARGO 1: ADMINISTRADOR
REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Administração, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e registro no Conselho Regional de Administração – CRA.
ATRIBUIÇÕES: atividades relacionadas com supervisão, programação, coordenação ou execução especializada, em grau de maior complexidade, referentes a estudos, pesquisas, análises e projetos a respeito de administração de pessoal, material, orçamento, organização e métodos.
REMUNERAÇÃO: R$ 3.730,31, incluídas as gratificações.
JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.

CARGO 2: CONTADOR
REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Ciências Contábeis, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e registro no Conselho Regional de Contabilidade – CRC.
ATRIBUIÇÕES: desempenho de atividades relacionadas com supervisão, coordenação ou execução, em grau de maior complexidade, relativas à contabilidade e à administração financeira e patrimonial, empreendendo balancetes, balanços, registros e demonstrações contábeis.
REMUNERAÇÃO: R$ 3.730,31, incluídas as gratificações.
JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.

CARGO 3: AGENTE ADMINISTRATIVO
REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio (antigo segundo grau), fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).
ATRIBUIÇÕES: executar atividades administrativas, de nível intermediário, relativas às competências legais da Advocacia-Geral da União, por meio da prestação de apoio técnico administrativo à área
finalística da Instituição.
REMUNERAÇÃO: R$ 2.851,44, incluídas as gratificações.
JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.

Mais informações no site http://www.cespe.unb.br/.

Concurso com 164 vagas nível médio oficiais da Aeronáutica

Concurso com 164 vagas para nível médio para oficiais da Aeronáutica

O presente Exame de Admissão destina-se a selecionar brasileiros natos, de ambos os sexos (conforme o curso), que atendam às condições e às normas estabelecidas nestas Instruções, para ingresso no efetivo da Força Aérea Brasileira, como Cadete da Aeronáutica, de acordo com as necessidades do COMAER e, após conclusão do curso com aproveitamento, posterior nomeação a Aspirante-a-Oficial, para compor os Quadros de Oficiais Aviadores (QOAV), Intendentes (QOINT) ou de Infantaria da Aeronáutica (QOINF) do Corpo de Oficiais da Ativa da Aeronáutica.

Cargo:
Cursos de Formação de Oficiais Aviadores, Intendentes e de Infantaria da Aeronáutica
Vagas:
164
Inscrição:
R$ 60,00
Data Início:
17/05/2010
Data Término:
17/06/2010
Data prova:
15/08/2010
Salário:
Não foi divulgado
Organizadora:
AFA
Edital:

O candidato, no momento da matrícula, mediante ato do Comandante da AFA, passa à situação de Cadete da Aeronáutica (Praça Especial, conforme a Lei nº 6.880, de 9 de dezembro de 1980 – Estatuto dos Militares), a ser mantida durante o Curso de Formação. O Cadete da Aeronáutica é militar da ativa, matriculado em um dos Cursos de Formação de Oficiais da AFA, com precedência hierárquica prevista no Estatuto dos Militares.

//
//

Mais informações no site da FAB.

Siga em frente, não desista…

chefUm açougueiro estava em sua loja e ficou surpreso quando um cachorro entrou.

Ele espantou o cachorro, mas logo o cãozinho voltou.

Novamente ele tentou espantá-lo, foi quando viu que o animal trazia um bilhete na boca.

Ele pegou o bilhete e leu:
– Pode me mandar 12 salsichas e uma perna de carneiro, por favor.
Assinado….

Ele olhou e viu que dentro da boca do cachorro havia uma nota de 50 Reais.

Então ele pegou o dinheiro, separou as salsichas e a perna de carneiro,colocou numa embalagem plástica, junto com o troco, e pôs na boca do cachorro.

O açougueiro ficou impressionado e como já era mesmo hora de fechar o açougue, ele decidiu seguir o animal.

O cachorro desceu a rua, quando chegou ao cruzamento deixou a bolsa no chão, pulou e apertou o botão para fechar o sinal.

Esperou pacientemente com o saco na boca até que o sinal fechasse e ele pudesse atravessar a rua.

O açougueiro e o cão foram caminhando pela rua, até que o cão parou em uma casa e pôs as compras na
calçada.

Então, voltou um pouco, correu e se atirou contra a porta. Tornou a fazer isso. Ninguém respondeu na
casa.

Então, o cachorro circundou a casa, pulou um muro baixo, foi até a janela e começou a bater com a cabeça no vidro várias vezes.

Depois disso, caminhou de volta para a porta, e foi quando alguém abriu a porta e começou a bater no
cachorro.

O açougueiro correu até esta pessoa e o impediu, dizendo:
-Por Deus do céu,o que você está fazendo? O seu cão é um gênio!

A pessoa respondeu:
– Um gênio? Esta já é a segunda vez esta semana que este estúpido ESQUECE a chave!!!

Moral da História:
Você pode continuar excedendo às expectativas, mas para os olhos de alguns, você estará sempre abaixo do esperado.

Qualquer um pode suportar a adversidade, mas se quiser testar o caráter de alguém, dê-lhe o poder.

Se algum dia alguém lhe disser que seu trabalho não é o de um profissional, lembre-se:

Amadores construíram a Arca de Noé e profissionais, o Titanic.

Quem conhece os outros é inteligente.
Quem conhece a si mesmo é iluminado.

Quem vence os outros é forte.
Quem vence a si mesmo é invencível!!

Escola Nacional de Administração Pública – ENAP

Cargos
Ensino Superior Completo
– Técnico em Assuntos Educacionais
– Bibliotecário
Remuneração
R$ 2.643,28
Remuneração inicial conforme Lei nº 11.357, de 19 de outubro de 2006 e Lei nº 11.784, de 22 de setembro de 2008.
A critério da administração poderá ser acrescida da gratificação de R$ 2.500,00 (Gratificação Temporária de Atividade em Escola de Governo – GAEG, conforme a Lei nº 11.907, de 2/2/2009).

Mais no site…

O PARAFUSO – Um conto tecnológico

servicoAlgumas vezes é um erro julgar o valor de uma atividade simplesmente pelo tempo utilizado para realizá-la…
Um bom exemplo é o caso do técnico em informática que foi chamado a consertar um computador gigantesco e extremadamente complexo… um computador que valia 12 milhões de dólares.
Sentado frente ao monitor, apertou umas teclas, balançou a cabeça, murmurou algo a si mesmo e desligou o aparelho.

Tirou de seu bolso uma pequena chave de fenda e girou uma volta e meia a um minúsculo parafuso.
A seguir, religou o computador e verificou o seu perfeito funcionamento.
O presidente da companhia mostrou-se encantado e se dispos a pagar a conta imediatamente.
“Quanto é que lhe devo? “- peguntou.
“São mil dólares pelo serviço efetuado.”

-Mil dólares? Mil dólares por uns momentos de trabalho? Mil dólares por apertar um simples parafusinho? Eu sei que meu computador custa 12 milhões de dólares, mas mil dólares é uma quantidade brutal!
“Efetuarei seu pagamento desde que me envie uma fatura detalhada que justifique a sua cobrança”.

O técnico confirmou com a cabeça o pedido e se foi.

Na manhã seguinte, o presidente recebeu a fatura, a leu com cuidado, balançou a cabeça resolveu pagá-la no ato, sem pestanejar. A fatura dizia:

Detalhe dos serviços prestados

Apertar um parafuso……….. …. …. …. …. … 1 dólar
Saber qual parafuso apertar………….. ….. 999 dólares

Mande a todos os profissionais que dia a dia se defrontam com a falta de consideração com que as pessoas por ignorância não alcançam entendê-los e dê-lhes ao menos um momento de humor.